Smart Bikes – Essa moda pega?

baidu-dubike-2014-11-26-01

Smart Bikes – Essa moda pega?

Baidu-Dubike-bicicleta-y-redes-sociales

A tecnologia vai fazer cada vez mais parte das nossas vidas. Depois dos smart watchs  as empresas de tecnologia resolveram voltar os olhos para um mercado muito interessante e inovador: as Smart Bikes.

O Baidu, conhecido como o “Google Chinês”, trabalha em uma bicicleta inteligente chamada de Dubike, capaz de monitorar a saúde do usuário e acessar redes sociais.

A Dubike é capaz de se conectar com smartphones e vem equipada com um sistema de direção composto por luzes que sinalizam ao usuário qual caminho ele deve seguir. Isso evita que o ciclista precise olhar na tela do telefone, especialmente enquanto estiver em movimento. O veículo tem sensores que podem monitorar a atividade e a biometria do ciclista. Ele também vem equipado com um GPS para rastrear a localização da bicicleta em tempo real. Um aplicativo permite se conectar com outras pessoas para descobrir e compartilhar rotas.

A Baidu não é a primeira a querer apostar no mercado de bicicletas inteligentes. Recentemente, outros projetos da mesma linha começaram a ser divulgados e a ganhar admiradores. Um delas é a Roda de Copenhague, um equipamento que promete transformar qualquer bicicleta em um gadget de alta tecnologia. Já a Impossible, uma bike elétrica que pode ser dobrada e guardada em mochilas, foi sucesso no Kickstarter, o que confirma a aprovação da ideia pelos consumidores.

A data exata de lançamento e o preço da Dubike ainda não foram divulgados, mas a previsão é que aconteça ainda esse ano. Também não se sabe se o equipamento será exportado para outros países

Será que aqui no Brasil essas smart bikes tem futuro? A XDS acredita que sim, pois o brasileiro gosta muito de novas tecnologias. Essas bicicletas são sustentáveis, e podem diminuir o uso de carros, diminuindo a quantidade de CO² no planeta.

Fonte: TechTudo 

Comente no Facebook!

comentários

Sobre o(a) Autor(a) : Gabrielli Menndes

Gabrielli Menndes é estudante de jornalismo na FMU. Entusiasta da Era Digital que vivemos, Gabi escreve sobre tecnologia a partir de seu dispositivo móvel, e morre de medo de ficar offline.